Seguidores

sábado, 5 de março de 2011

Das perdas e ganhos


Eu tenho uma voz que me cala
na fala que sufoca meu querer
um resto que abomina meu direito
pra ter outro desejo, outro viver

Eu tenho uma denúncia permanente
que sangra meu pecado e o peito meu
e, durmo com essa sensação de perda
que sempre me fará de novo um ateu

Eu tenho um motivo que me encanta
e suplanta o novo toque da razão
a deixa no prelúdio que se encerra
na falta do entender de outra canção

Mesmo assim navego entre cantos e sorrisos.



Marçal Filho
Itabira MG
03/03/2011

Um comentário:

  1. Que lindo!
    Parabéns!
    " Mesmo assim navego entre cantos e sorrisos."
    Beijos

    ResponderExcluir